GRUPO DE AÇÕES E ESTUDOS AMBIENTAIS

1989 - 2012

   Histórico   GAEA

Histórico do GAEA-Grupo de Açãoe Estudos Ambientais

Histórico Resumido

1989 – Com a mobilização popular, a população local organiza o GAEA- Grupo de Ação Ecológica de Amparo, onde desenvolvem atividades de educação e conscientização  da necessidade da preservação ambiental, iniciando pelas ações locais e recebe apoio do SDC que cede suas dependências para a sede desta ONG.

- Integra o grupo de defesa e preservação do patrimônio histórico e cultural da cidade de Amparo

- Inicia parceria com o Sitio Duas Cachoeiras – Educação e Agricultura, atividades de Educação Ambiental e em Agroecologia

1990 - Atua em conjunto com entidades ambientalistas da região de Campinas, Piracicaba, na articulação e formação das APEDEMA regionais, Assembleia permanente em defesa do meio ambiente.

- Participa do processo de formação e nascimento do Consorcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí – PCJ

1991 – Participa como integrante do grupo de ONG do Consorcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí – PCJ

1992 – atua diretamente na organização da comunidade de bairros rurais para o processo de implantação do projeto do governo do estado com apoio do Banco Mundial, de Microbacias Hidrográficas, na micro-bacia onde esta localizado, promovendo cursos, dias de campo, palestras, etc.

1995 – Em parceria com o SDC, a “agroecológica – editora”, organiza e promove cursos de capacitação nas diversas áreas de aplicação da “Agricultura Ecológica”

- mantém também paralelo a esta atuação sócio-cultural, em parceria com o SDC o desenvolvimento das atividades agrícolas com bases agroecológicas e ampliando  e praticando  os conceitos de preservação ambiental

1996 – Promove em conjunto com SDC, agroecológica – editora, durante quatro anos, uma série de cursos sobre Sistemas Agroflorestais com Ernst Ghoest.

1997- Promove junto com o SDC - Sitio Duas Cachoeiras e o IAC- Instituto Agronômico de Campinas/ Departamento de Oleaginosas, ITAL/Instituto de Tecnologia de Alimentos/ Setor de óleos e CATI –Campinas, “dias de campo” p/ a divulgação do plantio de girassol e extração de óleo prensado a frio.  

1998 – Com apoio do SDC, o GAEA entra em atividade “on-line” na Internet, junto com o site  do SDC – Educação e Agricultura, com  o objetivo de apoiar o estudo através de seu banco de dados, e estimular a troca de informações entre os alunos  e professores participantes dos trabalhos pedagógicos de campo.

1999 – Participa do concurso “O Desafio de Ensinar Ciências no Século XXI”, com o projeto SDC/GAEA/Kriarthe,  promovido pela “Estação Ciência- USP”,  onde se classifica e recebe o premio de 1o. lugar  entre os inscritos de todo Brasil.

2001 – Participa do concurso promovido pelo consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, e ganha o premio “Ação pela Água - 2001” dos melhores projetos de educação ambiental, na categoria ONG.

2002 – Incorpora-se em sua equipe de profissionais biólogos, agrônomos, veterinários, engenheiros, pedagoga e editor gráfico .

2002 – Apoio ao trabalho de pesquisa em Desenvolvimento sustentável e balanço emergético, desenvolvido desde 2000 com o LEIA-Laboratório de Engenharia Ecológica e Informática Aplicada da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, para os cálculos  dos indicadores de sustentabilidade, renovabilidade, investimento, rentabilidade, carga ambiental, entre outros.

         - Nas atividades pedagógicas de estudos do meio ambiente incorpora parceria com o grupo de dança profissional “AgniArte  - “Teatro- Interpretando a Natureza"

                  - inicio da produção de um vídeo-arte SDC em parceria com a revista Gi-biológica.

2003 - Conclusão da primeira fase dos cálculos dos índices de desenvolvimento sustentável, pelo LEIA- Unicamp, e apresentou estes resultados no Museu Dinâmico de Campinas

                 - estabelece parceira com a AAO- Associação de Agricultura Orgânica de São Paulo- para atividades socioambientais regionais.

2004 –  Estabelece sua constituição legal como pessoa jurídica, registrando seus estatutos e cadastra seu CNPJ

              -Desenvolve em parceria com o SDC, a Semana da Água, promovida pelo consórcio intermunicipal da bacia do rio Piracicaba – PCJ  e SAAE- Amparo, para 1000 alunos da rede pública de educação.

- Conclusão dos cálculos dos índices de desenvolvimento sustentável estudados na tese de mestrado  de Feni Agostinho, que apresenta índices de sustentabilidade econômica, social e ambiental, dados de referência de sistemas agroecológico  desenvolvidos nas atividades práticas pela equipe do GAEA e SDC

2005- amplia projeto de educação ambiental - Agroecologia

- ganha  o premio “Concurso Nacional de Sistematização de Melhores Experiências em Agroecologia, Ministério do Desenvolvimento Agrário -MDA” 

2007-2009- desenvolve com sua equipe de profissionais os projetos:

Projeto “de Olho no Futuro” – Agroecologia e desenvolvimento sustentável no município de Fortaleza de Minas -MG – patrocinado por Votorantim  Metais

- Projeto de implantação de Gestão Ambiental e de Sistemas Agroecológicos - saneamento básico, reflorestamento e recuperação de área degradadas e produção de alimentos básicos nas          unidades de campo da Associação Casa Luz da Colina – MG

2008- Protocola requerimento de reconhecimento de uma Unidade de Conservação Ambiental, na categoria     RPPN- Reserva Particular do Patrimônio Natural

2010 – A RPPN Duas Cachoeiras é reconhecida oficialmente pela Resolução SMA-SP no. 49 de 08 /06/10 e a gestão do plano de manejo fica a cargo do GAEA.

 

Produção científica:

 

Trabalhos científicos (apresentados em eventos científicos / publicados)

1. AGOSTINHO, Feni ; DINIZ, Guaraci ; Siche, J.R. ORTEGA, Enrique . The use of emergy assessment and the geographical information system in the diagnosis of small family farms in Brazil. Ecological Modellingjcr, v. 210, p. 37-57, 2008.

2. AGOSTINHO, Feni ; Siche, J.R. ORTEGA, Enrique . True Ecological Footprint for Small Farms in Brazil. In: International Ecological Footprint Conference, 2007, Cardiff. International Ecological Footprint Conference, 2007.

3. AGOSTINHO, Feni ; CAVALETT, Otávio ; ORTEGA, Enrique . Cálculo da Área de Floresta Necessária para Mitigar o Impacto Ambiental de uma Indústria Gráfica: comparação entre a metodologia Emergética e a Análise de Energia Bruta. In: Revista Brasileira de Agroecologia, Resumos do V Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2007, Espírito Santo. Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2007.

4. AGOSTINHO, Feni ; DINIZ, Guaraci ; ORTEGA, Enrique ; Souza, A.M. . Mudança de Sistema de Produção Agrícola Através da Adoção de Conceitos Agroecológicos: A Experiência do Sítio Duas Cachoeiras. In: III Congresso Brasileiro de Agroecologia III Seminário Estadual de Agroecologia, 2005, Florianópolis. III Congresso Brasileiro de Agroecologia III Seminário Estadual de Agroecologia, 2005.

5. ORTEGA, E. (Org.) ; ULGIATI, S. (Org.) . Energy-Ecology Issues in Latin America - 4th Biennial International Workshop Advances in Energy Studies. Campinas: Editora da Unicamp, 2004. v. 1. 484 p.

6. AGOSTINHO, Feni ; ORTEGA, Enrique . Evaluation of family-managed small farms using emergy methodology. In: IV Biennial International Workshop Advances in Energy Studies: Ecology-Energy Issues in Latin-America, 2004, Campinas. Proceedings of IV Biennial International Workshop Advances in Energy Studies: Ecology-Energy Issues in Latin-America, 2004.

7. AGOSTINHO, Feni ; ORTEGA, Enrique . Estudo da dinâmica dos índices emergéticos de uma unidade de produção agroecológica. In: Revista Brasileira de Agroecologia, Resumos do V Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2004, Porto Alegre. Revista Brasileira de Agroecologia. 2007., 2004. v. 2.

8. ORTEGA, E. ; ANAMI, M. ; DINIZ, G. . Certification of Food Products Using Emergy Analysis. In: 3rd Biennial International Workshop: Advances in Energy Studies, 2002, Porto Venere. Reconsidering the Importance of Energy, 2002. p. 227-237.

9. ORTEGA, E. . A certificação de sistemas e produtos rurais usando emergia.Estudo de caso: análise do sítio Duas Cachoeiras. In: Embrapa-Meio Ambiente. (Org.). I Seminário Internacional sobre manejo na Agricultura Orgânica para Sustentabilidade Embrapa-Yamagushi. Jaguariuna,SP: Embrapa, 2003, v. ,

10. ORTEGA, E. . A certificação de sistemas e produtos rurais usando emergia. Estudo de caso: análise do sítio Duas Cachoeiras. In: I Seminário Internacional sobre manejo na Agricultura Orgânica para Sustentatibilidade, 2003, Jaguariuna. Anais I Seminário Internacional sobre manejo na Agricultura Orgânica para Sustentatibilidade, 2003.

11. ORTEGA, Enrique ; DINIZ, Guaraci ; PEREIRA, Consuelo ; AGOSTINHO, Feni ; KAMYIA, Daniel ; SODERA, F . Certificação Usando Emergia: O Sítio Duas Cachoeiras. In: I Congresso Brasileiro de Agroecologia IV Seminário Internacional sobre Agroecologia. V Seminário Estadual sobre Agroecologia, 2003, Porto Alegre. Revista Brasileira de Agroecologia. 2006., 2003. v. 1.

12. ORTEGA, E. ; ANAMI, M. ; DINIZ, G. . Certification of Food Products Using Emergy Analysis. In: 3rd Biennial International Workshop: Advances in Energy Studies, 2002, Porto Venere. Reconsidering the Importance of Energy, 2002. p. 227-237.

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO

1. USO DE ANÁLISE EMERGÉTICA E SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS NO ESTUDO DE PEQUENAS PROPRIEDADES AGRÍCOLAS

FENI DALANO ROOSEVELT AGOSTINHO- Engenheiro Agrícola – Dissertação apresentada à banca examinadora como parte dos requisitos para a obtenção do título de Mestre em Engenharia Alimentos. Orientador: Prof. Dr. Enrique Ortega Rodriguez. Campinas - 2005

 

2. HISTÓRICO, CLASSIFICAÇÃO E ANALISE DE CENTROS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO BRASIL- Fabio Deboni da Silva- Dissertação  apresentada à Escola superior de Agricultura “Luiz de Queiros”, universidade de São Paulo, para obtenção do titulo de mestre em Recursos Florestais, com opção em Conservação de Ecossistemas Florestais. Piracicaba, 2004

 

 

Trabalhos de conclusão de curso universitário:

- Monografias de graduação  / TCC –

1. LEVANTAMENTO FAUNÍSTICO EM ÁREAS COM ESTÁGIOS SUCESSIONAIS DIVERSOS, COMO ORIENTAÇÃO DE FUTUROS REFLORESTAMENTOS

Thaynara de Moraes Siqueira - Monografia apresentada à disciplina Trabalho de conclusão de curso II, do Curso de Ciências Biológicas da Universidade São Francisco sob a orientação científica de Profº Guaraci M. Diniz Jr e orientação pedagógica de Prof° Especialista Allan Benedito Bonani, como exigência parcial para a conclusão do curso de graduação. Bragança Paulista, 2009.

 

2. UMA ANÁLISE QUANTITATIVA E QUALITATIVA DOS GANHOS OBTIDOS COM PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NO SÍTIO DUAS CACHOEIRAS NO DISTRITO DE ARCADAS, MUNICÍPIO DE AMPARO/SP. Sandro Elói. Monografia apresentada como exigência parcial para conclusão do curso de “Habilitação em Biologia” do Centro Universitário Amparense, sob a orientação do Prof. Ms. Basílio Gomes Ribeiro Filho.                                       Amparo, 2006

 

3. O MEIO DE HOSPEDAGEM COMO INSTRUMENTO PARA DISSEMINAÇÃO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: O SÍTIO DUAS CACHOEIRAS CHRISTIANE MARIA TIEKO KOKUBO Trabalho de conclusão de curso apresentado ao Centro Universitário Senac – Campus Santo Amaro, como exigência parcial para obtenção do grau de Bacharel em Hotelaria. Orientador: Prof. Zysman Neiman. São Paulo, 2005

 

PRÊMIOS RECEBIDOS

 

Concurso Ação pela Água 2001 - SDC/GAEA – Projeto de Educação Ambiental - / Consorcio Intermunicipal das bacias dos rios Piracicaba Capivari e Jundiaí –2001

1º. Lugar no concurso “O Desafio de Ensinar Ciências no Século XXI” – Estação Ciência e USP- 2000, SP

Concurso “Iniciativas em Agroecologia no Brasil” MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário 2005 - DF

 

 

 

———————————————————————————————————————-

 

Parcerias em trabalhos e projetos de pesquisa, com o GAEA.

   UNICAMP – FEA Faculdade de Engenharia de Alimentos – LEIA – Laboratório de Ecologia e Informática Aplicada - Pesquisa em sistemas de produção agroecológica e  sua  Sustentabilidade Econômica, Social e Ambiental. Utilizando para isto a metodologia de Análise Emergética de Sistemas

    – FEA– Faculdade de Engenharia de Alimentos – LEIA – Laboratório de Ecologia e Informática AplicadaDesenvolve em conjunto com o LEIA- com o direção do Prof. Dr. Enrique Ortega um projeto de pesquisa  de  Certificação  de Produção de Alimentos usando  Análise Emergética.

Instituto de Biologia – Laboratório de Entomologia -

      

     EMBRAPAUnidade Meio Ambiente –Educação Ambiental: participa junto a unidade da Embrapa do  Projeto de pesquisa  “Educação Agroambiental rumo ao Desenvolvimento Rural Sustentável”  , desenvolvido pela  unidade da EMBRAPA Meio Ambiente, durante 3 anos, com professores da rede publica das diretorias de ensino de Campinas e região

 

    .OCA - Laboratório de Educação e Política Ambiental – ESALQ - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Universidade de São Paulo (USP): O SDC  e GAEA participam como entidade parceira no desenvolvimento  do o projeto Biota-Educação – Biodiversidade, Sustentabilidade e Educação Ambiental no Estado de São Paulo , que faz parte do Programa BIOTA-FAPESP